Apesar de toda vontade de realizar nosso I Festival de Outono no dia 20 de março, mesmo sabendo que todos os cuidados e distanciamento seriam observados e respeitados, decidimos suspender nossa programação para nos unir em nome da responsabilidade, empatia e empenho em reduzir as chances de disseminação do coronavírus.

Infelizmente, parece que não aprendemos muita coisa desde o início da pandemia – aquela falsa sensação de que as coisas estavam melhorando, de que a vacina iria nos permitir um retorno às atividades profissionais, escolares e sociais rapidamente está se desmanchando no ar. 

No momento, ainda não vacinamos nem 4% da população; fora aqueles que não pretendem se vacinar e, com isso, continuarão a representar um risco para os outros e para si mesmos, demonstrando não apenas sua ignorância mas também uma falta de empatia com as pessoas à sua volta. Com tantas desinformações de nossos governantes, sem uma orientação séria e comprometida com o bem estar do povo, o resultado não poderia ser diferente: hospitais em colapso e número crescente de mortos.

Sabemos o quanto este momento mundial está testando nossa sanidade, nossa criatividade e capacidade de nos reinventarmos, mas não podemos colocar “óculos cor de rosa” e achar que somos invulneráveis e que podemos sair por aí sem máscaras e negar o óbvio: o vírus não circula, nós é que fazemos o vírus circular por onde passamos… Por isso, fique em casa! Se proteja, proteja seus amados e também os desconhecidos, para que o ciclo de contágio seja interrompido. A vacinação ainda vai levar meses (ou anos) para ser realizada na população toda e enquanto isso não acontecer vamos ter que nos manter distantes. Distantes porém unidos, juntos no propósito de sanar o mundo. É uma excelente maneira de fortalecer nossa compaixão e um grande treino de paciência e resiliência. 

Aspiramos que as lições aprendidas nestes tempos sombrios nos guiem para um caminho mais luminoso, lúcido e dissolvam as barreiras que nos dividem entre aqueles que são conscientes de sua responsabilidade daqueles que acham tudo isso uma bobagem e que nada os atingirá.

Se todos se cuidarem, mais rápido isso tudo vai passar. 

Mãos em prece.

Equipe Fora da Caixa

Comentários Facebook

One thought on “Responsabilidade, Empatia e Paciência

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *