Partimos de Jaipur em direção a Agra, fomos de carro e pudemos parar ao longo do caminho, observar as mudanças na paisagem e no trânsito do estado de Uttar Pradesh. Trata-se do mais populoso da Índia. A cidade realmente nos deixou impactadas pelo número de pessoas, animais e desorganização. Fica até difícil acreditar que ali se encontram construções tão magníficas como o Forte Vermelho e o Taj Mahal.

Descansamos um pouco no hotel quando chegamos à cidade pois estava um calor de quase 40 graus e seria impossível (fisicamente) visitar qualquer lugar naquele sol! Decidimos ver o Taj ao final da tarde, com o pôr do sol. Esta foi uma sábia decisão pois, ao chegarmos, havia muita gente, com longas filas, pois era justamente um dos 2 dias do ano em que a entrada era franca.

Não seria possível explicar o contraste do caminho por dentro da cidade, que é muito feia e suja, e em alguns minutos chegar a um local tão belo, limpo e magnífico como o Taj Mahal. É tanta beleza que ficamos sem fala. Com a mudança da luz e o sol se escondendo, fomos ficamos hipnotizadas por aquele local. Não há foto ou vídeo que traduza o sentimento de contemplar aquele monumento à imortalidade do amor. Nossa alma pode dimensionar por um instante a profundidade daquele sentimento, traduzido ali na delicadeza das colunas, nos mármores, pedras preciosas e arabescos. Há tanta beleza por todos os lados que somos inundados de um sentimento de gratidão e humildade perante aquela maravilha!

As imagens podem dizer mais do que nossas simples palavras pois mesmo que eu escreva com palavras belas, é indescritível. Deixo a vocês algumas das fotos mais lindas que tirei na minha vida…

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *